terça-feira , agosto 14 2018
Página Inicial / Cidades / Secretária de Saúde de Jales tem prisão revogada

No Banner to display

Secretária de Saúde de Jales tem prisão revogada

POR Juliete Costa

A Justiça revogou na tarde da última terça-feira, 31, a prisão da Secretária de Sáude de Jales, que está entre as envolvidas no desvio de R$ MI dos cofres públicos. Cerca de 13 mandados de prisão temporária foram cumpridos na região na operação Farra do Tesouro que investiga o caso.

Segundo informações da Polícia Federal, a servidora Maria Aparecida Martins havia confessado que foi negligente ao assinar os cheques em branco e entrega-los para a diretora financeira da Prefeitura do município, Érica Cristina Carpi Oliveira, uma das principais investigadas.

Diante do relato da funcionária, a PF revogou a prisão da mesma. Contudo, os outros ainda estão detidos por até cinco dias para prestar esclarecimentos sobre os fatos. “A prefeitura vai abrir uma sindicância para apurar as funções e valores desviados, para que possa propor ação judicial cobrando essa quantia retirada”, revelou o procurador da cidade.

Vale ressaltar que a Federal deu início as investigações no início deste ano, quando recebeu informações sobre os desvios, principalmente da parte de Érica e algumas pessoas da sua família, que ao todo retiraram dos cofres municipais cerca de R$ 5 MI em patrimônios.

Ainda de acordo com os dados da Polícia, somente nos últimos dois anos, a mesma teria desviado aproximadamente R$ 2 MI. As prisões foram cumpridas no início desta semana nas residências dos acusados, nas empresas do marido da Tesoureira e também nas casas dos secretários da Fazenda e Saúde local.

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

Prefeitura de Santa Fé do Sul inaugura Palco de Praça que custou R$ 2,2 MI

POR Juliete Costa Durante abertura do Festival “Violas e Ponteios” o secretário de Turismo do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira