quinta-feira , julho 19 2018
Página Inicial / Cidades / Conselho de Saúde de Pereira Barreto discute contas da Santa Casa

Conselho de Saúde de Pereira Barreto discute contas da Santa Casa

DA REDAÇÃO

O Conselho Municipal de Saúde da Estância Turística de Pereira Barreto deve discutir nesta sexta, 07, em reunião extraordinária, a prestação de contas da Santa Casa de Misericórdia da cidade relativa ao primeiro trimestre de 2017.

Segundo apurou a reportagem, a prestação de contas foi enviada para apreciação do Conselho já na assembleia ordinária que ocorreu na última sexta, 30 de junho. Porém, por decisão da maioria, o Conselho optou por agendar reunião extraordinária para discutir exclusivamente o assunto Santa Casa nesta sexta.

Veja as incríveis promoções de aniversário

Embora contrariando os membros do Hospital que estiveram presentes na última reunião, o Conselho deixou claro que irá exigir uma série de contrapartidas da entidade para que seja aprovada a prestação de contas. O debate promete ser acalorado, uma vez que, os membros do Conselho pretendem propôr, inclusive, mudança da legislação para maior participação junto ao convênio entre prefeitura e Santa Casa.

O imbróglio envolvendo Conselho de Saúde e Santa Casa não começou agora. Na última assembleia ordinária anterior a de junho, ocorrida no final de maio, o Conselho reprovou as contas da entidade relativas ao último trimestre de 2016, por conta de indícios de irregularidades e descumprimento de parte do que estabelece o convênio.

Clique e conheça nossa página

Além disso, no início do mês de Junho, o presidente do Conselho de Saúde, Reginaldo Auto, protocolou na Câmara Municipal sugestão para que o Poder Legislativo abrisse uma CEI – comissão Especial de Inquérito – para investigar o convênio entre prefeitura e Santa Casa. A sugestão sequer foi colocada em votação.

A Prefeitura não tem obrigação de manter a Santa Casa. Porém, ela possui um convênio para a manutenção do Pronto Socorro – que é de responsabilidade da Administração – e os repasses ultrapassam os R$ 2 mi anuais. Em 2016, por conta disso, o prefeito na ocasião, Arnaldo Enomoto, chegou a decretar intervenção junto à entidade. Atualmente, a Santa Casa é controlada novamente por sua Irmandade, através de diretoria eleita.

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

“A Cavalgada é um evento tradicional e fortalece o comércio local”, diz participante

DA REDAÇÃO A decisão da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Pereira Barreto de retirar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira