terça-feira , agosto 14 2018
Página Inicial / Blog do Torcedor / Blog do Torcedor – Corinthians: Douglas era a peça que o time precisava

No Banner to display

Blog do Torcedor – Corinthians: Douglas era a peça que o time precisava

POR Naian Lucas Lopes

Após levar uma chicotada do SPFW, o time do povo, o Coringão, venceu o Cruzeiro por 2 a 0. O que deu indícios de que perderíamos novamente, virou um passeio no segundo tempo. Romero, em noite iluminada, marcou dois gols, afastando-se ainda mais de Jadson na artilharia da Arena.

Foi o primeiro jogo sem Rodriguinho, o que me deixou animado. Apesar de ser o artilheiro da equipe no ano, jogador fundamental para o bicampeonato paulista e brasileiro do ano passado, o meio-campista jamais me agradou. Prende demais a bola, faz falta desnecessárias e errava passes como poucos. O meio-campo tinha tudo para evoluir sem o nosso ex-amador.

Eis que Jadson ficou responsável pela criação e fez uma partida regular. Errou menos passes do que é de costume, bateu uma excelente falta, o que ocasionou no segundo gol, contudo, Jadson pode render mais. Muito mais. Assim como Clayson. Voltou de contusão, todavia, não conseguia dominar uma bola. Extremamente descartável na partida de ontem.

Como disse acima, começamos mal. Parecia que o Cruzeiro passaria por cima. Entretanto, depois que o Jonathan se machucou (O que aconteceu com a preparação física do Corinthians? Outro jogador que sentiu dores sozinho) e entrou Pedrinho. O moleque é craque mesmo. Não sentiu o peso do jogo, foi pra cima, criou oportunidades, deu outra movimentação para o time. Vale ressaltar que, o primeiro gol, nasceu dos seus pés.

Não podemos esquecer que Romero teve noite de oportunista. Não gosto do Romero centroavante, mas aprendi a respeitá-lo como jogador. Fez boas jogadas, mas a comissão técnica não pode acreditar na bobagem que o atacante será o novo falso nove do Corinthians.

A defesa foi firme, com uma partida inspiradíssima de Cássio, compensando o desastre que foi contra o SPFW. Os laterais marcaram e apoiaram bem, tirando alguns erros do Fagner, que parece que esqueceu seu futebol na Rússia. Apesar da dificuldade do time para dominar a bola, a equipe acertou 93% dos passes e ainda teve 51% da posse de bola.

Osmar Loss ajeitou o time, deixando-o mais compacto. Essa característica foi recuperada na parada da Copa, até mesmo contra o São Paulo. Um ponto importantíssimo. Além do mais, Loss tem armado bem o contra-ataque. Quando a equipe erra poucos passes, chega com mais chance de marcar o gol.

A grata surpresa ficou pelo jogador Douglas. O melhor em campo, disparado. Deu consistência ao meio-campo, subiu bem, errou apenas três passes e fez quatro desarmes. Uma partida segura e promete ser peça fundamental nesse elenco.

Ainda estamos longe do ideal, contudo, desde a volta da Copa do Mundo, o Corinthians tem evoluído. Contra o SPFW acabou sendo um deslize. Agora é torcer para que essa equipe cresça, porque temos Copa do Brasil e Libertadores para ganhar!!!

NOTA

CÁSSIO – Noite de gala. Ótimo

FAGNER – Regular.

PEDRO HENRIQUE – Regular

HENRIQUE – Regular

DANILO A. – Bom

GABRIEL – Regular

DOUGLAS – Ótimo

JADSON – Regular

PAULO ROBERTO (entrou no segundo tempo) – Sem nota

CLAYSON – Péssimo

MATHEUS VITAL (entrou no segundo tempo) – Deu outro ritmo pro time. Bom

ROMERO – Bom

JONATHAN – Ruim

PEDRINHO (entrou no segundo tempo) – Ótimo

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

Prefeitura de Santa Fé do Sul inaugura Palco de Praça que custou R$ 2,2 MI

POR Juliete Costa Durante abertura do Festival “Violas e Ponteios” o secretário de Turismo do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira