sexta-feira , junho 22 2018
Página Inicial / Castilho / Vereador assedia mulher, faz acordo e vai pagar multa

Vereador assedia mulher, faz acordo e vai pagar multa

POR Daniel César

Um vereador, acusado de assediar uma mulher de 29 anos, aceitou um acordo judicial que prevê o pagamento de uma multa no valor de um salário mínimo – R$ 954 – e vai fugir das acusações que recaem sobre ele.

O caso aconteceu no município de Castilho e envolveu o vereador Wagner de Souza Oliveira, conhecido popularmente como Waguinho (PV). Na acusação também constava a tentativa de abuso contra a vítima que acabou aceitando também o acordo e, assim, encerrou a ação que, apenas continua se o vereador não pagar os valores até o dia 10 de março.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, o assédio teria ocorrido no mês de maio de 2017, enquanto Waguinho, que é instrutor de uma autoescola, dava aulas para a vítima. Ela informou a polícia que ele insistentemente lhe falava obscenidades em praticamente todas as aulas.

“Ele chegou a me mostrar vídeos pornográficos, colocar a mão em minha perna e me mostrou as partes íntimas dele na penúltima aula”, informou a mulher na época. Por conta disso, na última aula, a vítima decidiu gravar e conseguiu as provas de que precisava para acionar a Justiça contra Waguinho.

O caso vinha rolando desde o mês de Maio e, com a proposta de acordo judicial, o vereador se livra das acusações, uma vez que não houve condenação. Waguinho presidiu a Câmara Municipal de Castilho entre os anos de 2013 e 2016.

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

Mulher não permite que ex-marido leve filho para passear e caso vai parar na Polícia

POR Juliete Costa Um médico da região de Castilho, que não teve o seu nome …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira