sábado , junho 23 2018
Página Inicial / Noticias / Joãozinho tenta trazer cerca de 20 médicos para Pereira Barreto

Joãozinho tenta trazer cerca de 20 médicos para Pereira Barreto

DA REDAÇÃO

O prefeito da Estância Turística de Pereira Barreto, João de Altayr Domingues (PR), o popular Joãozinho, viajou para São Paulo na última semana para viabilizar a vinda de cerca de 20 médicos. Vale ressaltar que essa batalha do mandatário tem ocorrido desde janeiro do ano passado, quando ele informou aos veículos de comunicação que os profissionais chegariam a cidade até o final do primeiro semestre de 2017.

Um ano depois e os médicos ainda não chegaram. O motivo? Existem alguns. Mas antes de explicar o que houve para não chegada dos profissionais da saúde, o Portal Fatos Regionais irá relatar como funciona o programa da Universidade Brasil, que tem como presidente José Fernando Pinto de Souza.

Cuide de sua saúde física

O QUE É O PROJETO?

Em busca de melhorar o atendimento dos moradores da Estância de Pereira Barreto, a Prefeitura encerrou os estudos para contratar os 20 novos médicos estagiários. Os médicos estudaram, se formaram no exterior e tentam conseguir o Conselho Regional de Medicina (CRM). Para concluir essa fase, os profissionais precisam trabalhar no Sistema Único de Saúde (SUS), pois é a melhor forma para compreender como funciona a legislação do programa.

Cozinha da Vó – Aprecie essa diferença

O projeto elaborado pela Administração Joãozinho prevê a contratação de cerca de 24 médicos estagiários. Este projeto não é exclusivo para Pereira Barreto. A faculdade de Fernandópolis desenvolve projeto semelhante em diversos municípios. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, esses médicos são formados, contudo, não estão liberados para atuar no Brasil, visto que se formaram no exterior e não estão liberados pelo CRM – Conselho Regional de Medicina – para atuarem como médicos independentes no Brasil.

18 anos oferecendo o melhor serviço com o menor preço. Clique e confira

Pelo projeto, estes profissionais que são formados, trabalham como estagiários, ou seja, com auxílio de profissionais atuantes no país, e aprendem como funciona o atendimento pelo SUS – Sistema Único de Saúde. De acordo com a Faculdade, não se trata de profissionais sem conhecimento prático ou com menor grau de conhecimento da área que os formandos no Brasil. A questão é que, como se formaram em outro país, não reúnem conhecimento da metodologia de atendimento do SUS e, por isto, atuando como estagiários, se desenvolveriam para prestar a prova do CRM e, a partir daí estarem livres para atuarem e se especializarem.

Todo mundo merece o Glamour.

QUAL A INTENÇÃO DA PREFEITURA COM O PROJETO?

A intenção do prefeito é desafogar as filas de atendimento médico que estão em vigor no município neste momento. Fontes da área da Saúde local informaram que, embora com diversas UBS – Unidades Básicas de Saúde – ainda há filas para atendimento em algumas regiões da cidade. Também existe falta de médicos da família que visitam as casas regularmente, por conta de moradores com saúde debilidade e/ou doenças crônicas.

Seu automóvel em boas mãos. Nos visite

COMO FUNCIONARIA O PROJETO NA CIDADE?

A medida permitira que uma gama grande de médicos circulassem no município e resolvessem a demanda da área de clínica geral e saúde da família. Além disso, estes profissionais dariam um novo fôlego para o sistema de saúde do município, visto que, após o estágio encerrado, eles poderiam – por criar vínculo com seus pacientes – decidir permanecer na cidade.

HÁ ALGUÉM CONTRA?

Segundo fontes do Portal Fatos Regionais, alguns médicos do município pereirabarretense não são favoráveis ao projeto, principalmente os mais antigos. Eles não consideram que a ideia iria solucionar a questão da demanda por médicos.

POR QUE OS MÉDICOS NÃO CHEGARAM NO ANO PASSADO?

De acordo com informações de pessoas que trabalham na Prefeitura Municipal, os médicos não chegaram no ano passado, como havia dito o prefeito Joãozinho, por problemas na documentação. A equipe responsável pela vinda do projeto não conseguiu enviar um documento no prazo estipulado pela Universidade.

Clique e confira

HÁ CHANCE DOS MÉDICOS CHEGAREM?

Sim, existem grandes possibilidades. O prefeito Joãozinho viajou para São Paulo e conversou com representantes que buscam viabilizar o projeto na cidade de Pereira Barreto. É importante frisar que outros municípios também estão lutando pelos médicos, como é o caso da Estância Turística de Ilha Solteira.

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

60% de ilhenses usam ciclovias para Lazer, diz pesquisa

DA REDAÇÃO Você já se perguntou quais motivos levam uma pessoa a andar de bicicleta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira