quarta-feira , agosto 15 2018
Página Inicial / Noticias / Exclusivo: Prefeitura de Pereira Barreto já realizou quase metade das cirurgias de vesícula

No Banner to display

Exclusivo: Prefeitura de Pereira Barreto já realizou quase metade das cirurgias de vesícula

DA REDAÇÃO

A Prefeitura Municipal da Estância Turística de Pereira Barreto, através da Secretaria de Saúde, que é de responsabilidade de Márcia Yamamoto, realizou cerca de 30 cirurgias nos últimos meses. Isso representa quase 50% dos casos de espera.A intenção é zerar as filas ainda no ano de 2018.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pelo Portal Fatos Regionais, a Administração Municipal já iniciou mutirão para a realização das cirurgias que irão acabar com a fila de pacientes que necessitem passar por intervenção cirúrgica para a retirada de vesícula. Se antes eram 80 pessoas aguardando a cirurgia, hoje o número é de, aproximadamente, 50 cidadãos.

Clique e veja os produtos

O modelo adotado pelo prefeito João de Altayr Domingues (PR), o popular Joãozinho, faz com que um especialista trabalhe aos finais de semana num mutirão de cirurgias, o que acelerou o processo de zerar a fila.

Curta Pereira Barreto e a melhor Pousada da região

Este é um problema crônico enfrentado em Pereira Barreto há quase duas décadas. Desde o início do novo milênio, a cidade enfrenta filas para a cirurgia de vesícula. Até bem pouco tempo atrás, essas cirurgias sequer eram realizadas na cidade, sendo necessária a transferência. Apenas casos urgentes eram operados na Santa Casa local, o que causava grande indignação da população.

Os melhores salgados de Pereira Barreto estão na Tutti Frutti

Segundo especialistas, quem tem pedra na vesícula precisa retirar o órgão o mais rápido possível. “Uma dessas pedras pode sair da vesícula e ir ao pâncreas, é um complicador grave que pode pancreatite e aí o caso fica sério”, explicou um médico. Já a cirurgia normalmente é simples e de recuperação rápida.

As cirurgias estão sendo realizadas na Santa Casa do município e os pacientes, em geral, têm alta um ou dois dias após o procedimento.

Leia “A Semana da Comarca”
Print Friendly, PDF & Email

Veja também

Educação de Ilha Solteira deve receber R$ 490 mil para investimentos, aponta Projeto de Otávio

POR Juliete Costa O projeto de Lei de autoria do Prefeito Otávio Gomes (DEM) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira