domingo , julho 22 2018
Página Inicial / Ilha Solteira / Câmara de Ilha Solteira debate CEI sobre irregularidades

Câmara de Ilha Solteira debate CEI sobre irregularidades

POR Juliete Costa

Após investigação, a Comissão Especial de Inquérito encaminhou o relatório final sobre a apuração das possíveis irregularidades na Câmara de Ilha Solteira. O documento foi lido para os parlamentares na sessão da última terça-feira, 10.

Na conclusão da CEI, aponta-se o pagamento irregular de cerca de R$ 1, 7 milhão para a Casa de Leis, através da concessão de vários benefícios, gratificações e incorporações salariais para servidores do legislativo que estavam em serviço na época.

De acordo com as informações apuradas, foi considerado ilegal o valor não corrigido entre os anos de 1997 e 2018, incluindo também nessa remuneração fora do comum: horas extras, insalubridade, quinquênios, sexta parte e outros.

Desses pagamentos, vale ressaltar que a maior parte foi realizada nas presidências do ex-vereador Luís Otávio Collus de Paula com o valor de R$ 511.104,49, do vereador Alberto dos Santos Jr com R$ 286.049,13, do vereador Emanuel Zinezi com a quantia de R$ 268.666,67, da vereadora Thereza Alves da Rocha com R$ 262.357,68 e do ex vereador Ailton Vieira de Lima com o valor de R$ 215.416,82.

Diante da situação, foi ressaltado ainda que a maioria dos benefícios concedidos aos funcionários públicos não tinha o amparo na Lei. Com a conclusão, o relatório será enviado para o Ministério Público, Tribunal de Contas, Prefeitura e Mesa Diretora da Câmara para os próximos passos.

Print Friendly, PDF & Email

Veja também

Pré-candidatura de Jamil Ono é oficializada em São Paulo

DA REDAÇÃO   No último sábado, 21, o ex-prefeito do município de Andradina, Jamil Ono …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

Clique e confira