Nem mesmo a a liderança da prefeita Tamiko Inoue (PC do B) foi suficiente para diminuir a onda de Jair Bolsonaro (PSL) no município de Andradina. A cidade seguiu a toada da região e deu ao candidato ultra-conservador expressiva votação nas eleições ocorridas neste domingo, 07.

De acordo com a Apuração oficial divulgada pelo TSE – Tribunal Superior Eleitoral – o postulante ao cargo de Presidente da República mais controverso dos últimos anos, chegou próximo aos 60% dos votos dos andradinenses, surpreendendo pela escolha conservadora.

Isso porque, nas três últimas eleições municipais, a população de Andradina elegeu por duas vezes Jamil Ono, até então no PT e, recentemente, Tamiko Inoue, pertencente ao PC do B, mesma sigla de Manuela D’Ávila, candidata a vice na chapa do principal adversário de Bolsonaro, Fernando Haddad (PT).

Já para o cargo de Governador os números foram mais equilibrados. João Dória manteve a liderança histórica do PSDB, mas com proximidade dos adversários. Dória fechou em Andradina com pouco mais de 32% dos votos dos eleitores locais.

Chamou a atenção que seu adversário no segundo, o atual governador Mário França (PSB), não ficou na segunda posição em Andradina. Ele foi superado por Paulo Skaf (MDB). Os dois ficaram muito próximos nas números, e ambos não tão distantes do líder.

Confira os números

Presidente

Bolsonaro 59,51
Haddad 17,55
Ciro 6,71
Geraldo 9,2
Amoedo 2,69
Daciolo 1,38
Meireles 0,82
Marina 0,82
Alvaro 0,85
Boulos 0,32
Vera 0,03
João Goular 0,08
Eymael 0,02

Governador

Doria 32,26
França 21,72
Skaf 25,34
Marinho 12,03
Tavares 2,57
Major 2,94
Chequer 1,85
Lisete 1,08
Claudio 0,15
Toninho 0,06
Print Friendly, PDF & Email