O vereador Mário Cardoso, conhecido como Mário Gay (PPS) voltou a se envolver em confusão na cidade de Andradina nesta semana. O político agrediu uma professora e uma jornalista bem próximo a Câmara Municipal. A educadora, mãe do rapaz que acusou ele de abuso sexual, estava no local dando uma entrevista para a imprensa da região.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, ao ver a professora, Mário começou a xingá-la e arremessou um pedaço de tijolo contra ela. Diante da situação, a comunicadora que estava na ocasião também foi agredida e com isto houve revide entre as partes envolvidas.

Segundo relatos de populares, a Polícia foi acionada e todos foram levados à Delegacia de Defesa da Mulher para prestar esclarecimentos sobre a confusão. Na unidade, a jornalista revelou que já foi ameaçada pelo vereador. “Na primeira sessão deste ano, ele me ameaçou de morte”, disse.

Vale ressaltar que a agressão aconteceu um dia após apresentação de relatório pela CEI – Comissão Especial de Inquérito, que o investigava por denúncias de assédio ao ex assessor.

Print Friendly, PDF & Email