Os representantes de Santa Fé do Sul apresentaram nesta semana as contas públicas da localidade, referente aos oito meses deste ano. Segundo informações apuradas pela reportagem, as metas fiscais do segundo quadrimestre foram totalmente cumpridas e houve superávit orçamentário no período.

Na audiência pública para demonstração do balanço, secretários municipais, vereadores como Marcelo Favaleça e Aniceto, compareçam no local e discutiram sobre o assunto juntamente com o prefeito Ademir Maschio, que também falou sobre a economia da cidade e revelou que apesar da crise na arrecadação, seu governo bateu as metas exigidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com ele, o pagamento dos funcionários na folha foi efetuado no dia previsto e os repasses na saúde, principalmente para a Santa Casa de Misericórdia da localidade também foram realizados. Para o mês de setembro e com a queda dos investimentos, os salários de prefeito, vice, secretários, diretores e coordenadores serão feitos até o dia 05 de outubro.

Além da folha de pagamento, os recursos adquiridos pelo município foram investidos em educação e saúde local, com R$ 17,8 MI aplicados nas diversas instituições da área. Sendo que R$ 10,1 MI foram de recursos próprios e o restante do governo estadual.

Print Friendly, PDF & Email