Por determinação judicial, os guardas municipais de Santa Fé do Sul passaram desde a última semana a portar armas de fogo do tipo Pistola ponto 380 de maneira ostensiva para o serviço na localidade. O decreto sobre a decisão foi concedido por meio de uma liminar do Supremo Tribunal Federal, que autorizou o uso dos agentes.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, o ministro Alexandre de Moraes, apresentou a Justiça uma liminar com a justificativa de que os municípios com menos de 500 mil habitantes tiveram aumentos percentuais na criminalidade.

Vale ressaltar que o uso de armas só era concedido para cidades e capitais com mais de 500 mil habitantes, a partir da decisão, as localidades com até 50 mil poderão liberar a utilização dos guardas armados.

Na apresentação da liminar, o ministro ainda levantou dados da atuação dos agentes municipais, especialmente em São Paulo. Segundo a pesquisa, disponível na Coordenadoria de Análise e Planejamento da SSP, cerca de 286 municípios tiveram somente em 2016, ocorrências policiais apresentadas nas Delegacias por guardas.

Print Friendly, PDF & Email