POR Juliete Costa

A Elektro, responsável pela distribuição de energia em Santa Fé do Sul já realizou somente nesses sete meses do ano cerca de 233 inspeções para verificar o consumo irregular em residências, comércios e indústrias da localidade.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, quando uma equipe identifica algo errado, a concessionária rapidamente segue as orientações da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica e cobra desses consumidores um retroativo pelo uso irregular da eletricidade.

Conhecido como “gato”, o furto de energia em postes e outros meios de distribuição é considerado crime, com penalidade prevista no Código Penal Brasileiro. A mesma atitude, pode levar também a pequenos e grandes prejuízos para à população.

Para não correr o risco de acidentes graves por conta da fiação instalada de forma errada, o cliente que descobrir esse tipo de irregularidade pode entrar em contato com os canais de comunicação da concessionária e denunciar o caso de furto.

Alguns moradores da região já constataram várias situações pelos bairros de Santa Fé. “Em diversos pontos eu já presenciei pessoas manuseando sem o auxílio do equipamento correto os fios para roubar energia, isso pode dá cadeia, precisamos denunciar”, revelou um rapaz.

Print Friendly, PDF & Email