POR Juliete Costa

Após reclamações, o presidente Câmara Municipal da Estância Turística de Pereira Barreto, Cléber Mariani (MDB), resolveu atender aos pedidos de alguns mutuários em relação a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e discutiu juntamente com eles sobre os altos valores das residências oferecidas na localidade pelo Governo do Estado de São Paulo.

A situação se complicou quando os contemplados foram chamados para assinar os contratos das casas. Lá, os responsáveis pelo atendimento explicaram como seria o pagamento das parcelas. De acordo com os relatos, alguns teriam que pagar o valor mensal de R$ 900, sendo que as pessoas que foram sorteadas comprovaram ter renda familiar baixa.

Zetti: Você na moda

Clebinho Festeiro, vendo tamanha confusão em relação ao fato que acabou assustando alguns contemplados, comprometeu-se a buscar soluções sobre o assunto com a Prefeitura da Estância Turística, Deputados Estaduais e representantes da CDHU.

Na ocasião, marcou presença na reunião com os mutuários o vereador José Aparecido da Silva (PDT), mais conhecido como Dega. Ele falou sobre a importância que a Casa está dando a população nesse caso e também deu todo apoio necessário aos moradores.

Clique na imagem e saiba mais

Vale ressaltar que o prefeito João de Altayr Domingues (PR), o Joãozinho, e o secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Segurança, Osvaldo Esperança (MDB), também se envolveram na situação e já estão conversando com representantes do Governo do Estado de São Paulo para tentar solucionar o problema.

Cozinha da Vó – Aprecie essa diferença

Print Friendly, PDF & Email