POR Vinicius Alves

Moradores da Estância Turística de Santa Fé do Sul continuam jogando lixo nas estradas rurais. Ao menos é o que garante uma série de denúncias feitas nas Redes Sociais por diversas pessoas da cidade, além das próprias autoridades que tentam conscientizar parte da população sobre o tema.

Segundo apurou a reportagem, alguns dos moradores que praticam o ato alegam falta de caçambas para descarte e que, por isso, acabam jogando nas vias rurais e atrapalhando o tráfego local. A Prefeitura nega e afirmou que existem uma série de locais para descarte e que esse tipo de atitude está passível para multa.

Na última semana, os caseiros e donos do Corredor Almeida tiveram um encontro com o Prefeito Ademar Maschio, e a reportagem apurou que dos principais assunto tratados por eles, foi uma melhor maneira de descarte dos lixos nas vias rurais, ou até incluir um novo meio de coleta facilitando para os moradores da região e também o tráfego de veículos.

De acordo com apuração da equipe de reportagem, uma decisão foi tomada para melhorias dessa situação. A prefeitura firmou um acordo na qual os proprietários terão de colocar as lixeiras no local e a Administração Pública Municipal faria o trabalho de coleta dos lixos durante três vezes por semana.

O diretor de Conservação do Munícipio Tiago Campos Machado alertou através de uma notificação aos moradores da região repugnando a atitude dele, na qual continuam jogando lixo na rua e além de atrapalhar os feitos, acaba poluindo o Meio Ambiente vivem.

“Muitas vezes o local é limpo em um dia e, já no outro seguinte, uma montanha de lixo amanhece no mesmo ponto da estrada. Não podemos esquecer que todo lixo é prejudicial ao meio ambiente e aos animais” concluiu Tiago.

Print Friendly, PDF & Email