POR Naian Lucas Lopes

Edson Gomes (PP) deve sair da prisão nos próximos dias. Essa vem sendo a aposta da base aliada do Governo da Estância Turística de Ilha Solteira. Se Edson conseguir deixar a cadeia, ele assume o cargo ocupado pelo seu filho, Otávio Gomes (DEM), e comandará o município.

De acordo com informações próximas ao prefeito licenciado, o fim da investigação sobre irregularidades em licitações e compra de EPI’s seria o suficiente para que Edson não continue na prisão, já que ele foi preso acusado de atrapalhar essa apuração.

“A gente tem muita expectativa sobre esse assunto. Acreditamos que a Justiça tomará decisões que beneficiam o prefeito Edson, porque não há mais motivos para que ele continue preso”, afirmou um vereador da base aliada.

Se Gomes for liberado nos próximos dias, ele voltará para Prefeitura Municipal de Ilha Solteira, mas a tendência que não realize muitas mudanças. O político estaria muito satisfeito com o trabalho de Otávio Gomes.

“O Edson tem acompanhado o trabalho do filho dele e tem gostado muito”, disse um legislador. “Apesar de novo, Gomes sabia da competência do filho. Não o convidou para ser vice por acaso ou simplesmente por ser seu filho”, acrescentou.

Eleito no dia 02 de outubro do ano passado prefeito de Ilha Solteira, Edson Gomes teve a prisão preventiva decretada dia 29 de novembro. De acordo com as autoridades, o pedido foi feito por conta da investigação de possíveis irregularidades na FAPIC de 2010.

Print Friendly, PDF & Email