Meus queridos, I’m back #ExterminadordoFuturo. Após um tempo me reciclando em meu Planeta natal, estou de volta para alegria dos meus milhões de fãs e para desespero de uns poucos que dizem me odiar. Foi um período de muita alegria, diversão com meus priminhos, aqueles três olhinhos lindos e também refletindo sobre meu trabalho de escritor nesta Terra tão esquisita.

E já volto sabendo de uma bomba. O Picolé de Chuchu esteve visitando Pereira Barreto nessa semana. Explico melhor: o governador eterno Geraldo Alckmin tem este singelo apelido que foi dado por outro mochileiro que fugiu de meu planeta muito antes de mim. Aliás, eu o invejei a vida toda até consegui fazer o mesmo: fugir e vir para Terra ser colunista. Só que ele ganha muito dinheiro e eu ganho um total de nada.

De todo modo, eu fui acompanhar a visita do Picolé. Me chamou a atenção que tudo que ele dizia, um monte de políticos aplaudiam como se a palavra do homem fosse lei. Talvez os políticos fiavam com medo do Picolé ficar atacado e chamar a PM. E vocês sabem, ne? A PM do Geraldo…

O mais engraçado não foi isso. O mais engraçado é que em algum momento, todo empolgado e serelepe, como se tivesse 15 anos de idade, o prefeito de Pereira Barreto, meu ídolo (#TeAmo) Joãozinho, com a voz embargada pela emoção pediu para o Governador renovar o Convênio Casa Paulista. Picolé de Chuchu, mais emocionado ainda, com lágrimas nos olhos, bradou que a cidade poderia considerar o Convênio renovado. Foi um auê só. Teve secretário dançando lambada, teve cargo ajoelhando aos prantos, teve jornalista dando beijo na boca do coleguinha. Uma farra.

Acontece que, eu vim de outro planeta e não confio tão facilmente assim, fui pesquisar o histórico do querido Picolé. E não é que o menino sapeca já fez coisa semelhante. Dizem as más línguas que, em visita a Sud Mennucci, em meados de 2011, ele prometeu ao então prefeito que a lista definitiva de ganhadores das casas da CDHU estava confirmada e não precisaria de sorteio. Foi o que aconteceu, amiguinhos? Que nada, o CDHU não aceitou a lista e o sorteio saiu.

Meu querido Picolé também garantiu que a limpeza do Rio Tietê na cidade de São Paulo ia sair. Em 2001. Risos e mais risos. Ah, ele também garantiu que haveria ampliação da linha 04 do metrô , chegando no Morumbi até a Copa de 2014, e até agora neca de pitibiriba. Nem vou comentar do monotrilho da linha prata. E os coitadinhos do Terminal Varginha que esperam o término da ampliação da linha 09? Parece que o forte do querido governador dos terráqueos paulistas é dar garantias vazias em palanques de todo o Estado. O pior: todo mundo acredita. Talvez seja porque ficam hipnotizados com tamanha beleza e desenvoltura. Até eu, um mero alienígena, resolvi tirar foto com ele. #QueHomem.

Fato é, tá todo mundo noticiando a renovação do convênio da Casa Paulista. Eu torço pra que isso aconteça mesmo porque, convenhamos, ninguém merece morar em casa de madeira só porque o sinhôzinho malta prometeu 96 casas e só entregou 3. Sou a favor de todo mundo morar bem, em lindas casas. No meu planeta mesmo, todo morador mora em um apartamento de ouro. Acho ouro como material de construção tendência, vou sugerir ao Joãzoinho, inclusive.

O que me chama a atenção é que ninguém mostrou o papel da renovação. Quero ver o papel da renovação agora. Se teve renovação tem que ter documentação. Eu ia pedir pro milenar e indestrutível Secretário da Habitação, mas os donos do site Fatos Regionais disseram que ele agora foge da imprensa igual o diabo foge da cruz. Não entendi direito porque não o imagino correndo. #Risos.

Espero que algum gaiato tenha obrigado o governador a assinar algum documento, a renovação, uma frase, um autógrafo, qualquer coisa. Porque senão, sinto dizer, mas vocês acharam que não iam ser trouxas. Foram trouxas.

Print Friendly, PDF & Email